CHACINA DA LAPA


CHACINA DA LAPA

O dirigente do PCdoB Pedro Pomar


Foto: PCdoB

Os dirigentes do PCdoB Pedro Ventura Felipe de Araújo Pomar (foto) e Ângelo Arroyo, que contavam 63 e 48 anos de idade, respectivamente, foram mortos a tiros, sem possibilidade de defesa, após um cerco policial com 40 homens do Doi-Codi do II Exército e da Secretaria de Segurança Pública de São Paulo, na manhã de 16 de dezembro de 1976. O episódio ficou conhecido como Chacina da Lapa e o MPF denunciou três legistas que atuaram no caso por manipulação de laudos sobre o caso.

Denunciados/demandados: Harry Shibata, Abeylard de Queiroz Orsini e José Gonçalves Dias

Instituições envolvidas: IML

Vítimas: Pedro Ventura Felipe de Araújo Pomar (os fatos relativos à vítima Ângelo Arroyo são investigados em outro procedimento investigatório criminal)

Crimes: Falsidade ideológica

Ação Penal nº 0011715-42.2016.4.03.6181

Veja íntegra da denúncia

Principais ações




...
23/04/2012
SEGUNDA DENÚNCIA

...
10/07/2012
TERCEIRA DENÚNCIA

...
29/08/2012
PRIMEIROS RÉUS



...
13/05/2013
CASO MÁRIO ALVES



...
19/05/2014
CASO RUBENS PAIVA










...
03/02/2016
FREI TORTURADO

...
04/02/2016
LÍDER CAMPONÊS

...
29/03/2016
LEGISTA DENUNCIADO

...
07/06/2016
LAUDO FALSIFICADO





...
26/09/2016
CHACINA DA LAPA


...
24/04/2017
LIVRO-RELATÓRIO

...
06/10/2017
SEQUESTRO EM SP



...
11/02/2018
MÉDICO TORTURAVA