USTRA E SINGILLO, NOVAMENTE


USTRA E SINGILLO, NOVAMENTE

O estudante de medicina Hirohaki Torigoe, assassinado em 1972


Foto: Comissão Nacional da Verdade

O coronel reformado Carlos Alberto Brilhante Ustra e o delegado aposentado Alcides Singillo são denunciados pela ocultação do cadáver do estudante de medicina Hirohaki Torigoe, assassinado em 1972, ano em que também foi sepultado no cemitério de Perus, em São Paulo, sem identificação. O coronel comandava o Doi-Codi e o delegado era do DOPS, e ambos eram responsáveis pelas equipes que capturaram, torturaram e assassinaram Hirohaki, então integrante do Movimento de Libertação Popular (Molipo).

Denunciados/demandados: Carlos Alberto Brilhante Ustra e Alcides Singillo

Instituições envolvidas: Exército Brasileiro, Polícia Civil

Vítimas: Hirohaki Torigoe

Crimes: Ocultação de cadáver

Ação Penal nº 0004823-25.2013.403.6181

Veja íntegra da denúncia

Principais ações




...
23/04/2012
SEGUNDA DENÚNCIA

...
10/07/2012
TERCEIRA DENÚNCIA

...
29/08/2012
PRIMEIROS RÉUS


...

...
13/05/2013
CASO MÁRIO ALVES



...
19/05/2014
CASO RUBENS PAIVA










...
03/02/2016
FREI TORTURADO

...
04/02/2016
LÍDER CAMPONÊS

...
29/03/2016
LEGISTA DENUNCIADO

...
07/06/2016
LAUDO FALSIFICADO





...
26/09/2016
CHACINA DA LAPA


...
24/04/2017
LIVRO-RELATÓRIO

...
06/10/2017
SEQUESTRO EM SP



...
11/02/2018
MÉDICO TORTURAVA