USTRA E SINGILLO, NOVAMENTE


USTRA E SINGILLO, NOVAMENTE

O estudante de medicina Hirohaki Torigoe, assassinado em 1972


Foto: Comissão Nacional da Verdade

O coronel reformado Carlos Alberto Brilhante Ustra e o delegado aposentado Alcides Singillo são denunciados pela ocultação do cadáver do estudante de medicina Hirohaki Torigoe, assassinado em 1972, ano em que foi sepultado no cemitério de Perus, sem identificação. O coronel comandava o Doi-Codi e o delegado era do DOPS, ambos eram responsáveis pelas equipes que capturaram, torturaram e assassinaram Hirohaki, então integrante do Movimento de Libertação Popular (Molipo).

Denunciados/demandados: Carlos Alberto Brilhante Ustra e Alcides Singillo

Forças dos Réus: Exército Brasileiro, Polícia Civil

Vítimas: Hirohaki Torigoe

Crimes: Ocultação de cadáver

Ação Penal 0004823-25.2013.403.6181

Veja íntegra da denúncia

Principais ações




...
23/04/2012
SEGUNDA DENÚNCIA

...
10/07/2012
TERCEIRA DENÚNCIA

...
29/08/2012
PRIMEIROS RÉUS


...

...
13/05/2013
CASO MÁRIO ALVES



...
19/05/2014
CASO RUBENS PAIVA










...
03/02/2016
FREI TORTURADO

...
04/02/2016
LÍDER CAMPONÊS

...
29/03/2016
LEGISTA DENUNCIADO

...
07/06/2016
LAUDO FALSIFICADO





...
26/09/2016
CHACINA DA LAPA


...
24/04/2017
LIVRO-RELATÓRIO

...
06/10/2017
SEQUESTRO EM SP



...
11/02/2018
MÉDICO TORTURAVA