XAVANTES DE MARÃWAITSÉDÉ


XAVANTES DE MARÃWAITSÉDÉ

Xavantes de Marãiwatsédé dançam antes da entrega de relatório sobre violações


Foto: Marcelo Oliveira - ASCOM MPF/SP - Comissão Nacional da Verdade

O MPF move ação contra a Fundação Nacional do Índio (Funai), a União, o Estado de Mato Grosso e 13 herdeiros das terras da fazenda Suiá-Missu por violações dos direitos dos povos Xavantes de Marãiwatsédé durante a ditadura. Entre os pedidos do MPF, destaca-se a realização de uma cerimônia na Terra Indígena Marãiwatsédé com a presença do primeiro escalão do Poder Executivo Federal e Estadual para que seja feito um pedido público de desculpas ao Povo Xavante pelas graves violações de direito perpetradas contra a etnia durante o regime militar.

Denunciados/demandados: Funai, Estado do MT e herdeiros dos posseiros.

Forças dos Réus: Funai.

Vítimas: Xavantes de Marãiwatsédé.

Crimes: Várias violações.

Veja íntegra da ACP nº 0002766-51.2016.4.01.3605.